A morte de Heath e a repercussão no twitter

Hoje, com toda certeza, a expressão ou conjunto de palavras que eu mais li no twitter foi: Heath Ledger morto e/ou morreu. Tudo bem, eu não sigo muitas pessoas, são mais alguns blogueiros que gosto de observar e alguns grupos de noticias, entre eles o BBC Brasil, o do Sesc SP e o novo do Ego Notícias.

Se existem inúmeros assuntos para divagar e cada pessoa faz as coisas do seu próprio jeito, porque TANTO se falou da morte do Cowboy gay de “O Segredo de Brokeback Mountain“? Alias, eu nem sabia quem era o próprio. Tive que pesquisar para descobrir:

“Heath Ledger nasceu em Perth, na Austrália em 4 de abril de 1979. O ator é filho de uma professora de francês, Sally Ledger Bell, e dO engenheiro e piloto de corridas, Kim Ledger. Assim que terminou o segundo grau Ledger foi tentar a carreira de ator. O cowboy do filme ” O Segredo de Brokeback Mountain” não foi o primeiro papel polêmico do astro. Ele interpretou um ciclista gay na série de TV australiana “Sweat”.
Heath Ledger fez seu debut no cinema no filme “Blackrock”.
(…)
Mas Heath Ledger despontou no cinema com a comédia romântica “Dez Coisas que Odeio em Você” (1999″). Com a carreira em ascensão, conseguiu um papel ao lado de Mel Gibson em “O Patriota” (2000) e, logo em seguida, outro como protagonista em “Coração de Cavaleiro” (2001).
Quando rodava seu filme mais premiado, “O Segredo de Brokeback Mountain” (2005), ele conheceu sua mulher, a atriz Michelle Williams”. Em setembro de 2007, eles se separaram, e o astro, então, teve um breve affair com a atriz Lindsay Lohan.”

Fonte: Ego Notícias

Enfim, que ele descanse em paz. E que as pessoas continuem usando o twitter pra informar as próximas.

Privacidade no twitter, o que é isso?

O outro lado do twitter que poucos conhecem / se tocaram é que você criando uma conta, e não tomando as devidas providências, pode perder completamente sua privacidade. Embora alguns realmente não liguem para isso, pois não têm nada para esconder, sempre vai ter alguém que, por uma gafe qualquer, acaba relatando mais do que deveria ou do que queria. Veja o caso abaixo:


“foi a primeira vez que fiz sexo anal na vida. E, apesar da tensão inicial, foi ótemooooooo! Quero de novo.”
Por Aline Maciel.

Imaginou algo escrito assim já? Já tinha visto algo assim?
Se a moda pega, as fotos de mulheres nuas e sem roupas pode ser um novo filão a ser explorado no twitter, também. Imagina se acontece como o spam no orkut, onde colocam apenas mulheres lindas em perfis falsos, para divulgarem websites de vídeos e fotos de sexo. Há quem diga que existem os chamados “Fakes” inclusive para divulgar blogs, fotologs e outros. Como nunca encontrei nenhum, não posso afirmar nada.

Emendei um assunto no outro, mas recapitulando: eu acredito que esse user “alinemaciel” seja fake. Não creio que, por mais indiscreta e direta que tenha parecido, alguém realmente usaria essas palavras para se expressar num micro-blog. Certamente, é alguém que pode estar tentando difamar a imagem da garota na foto, que em muitos casos nem sabem que existe essa tentativa de difamação pública. Ou na melhor das hipóteses, é alguém que realmente usa com todas as palavras o twitter, que faz um uso melhor que como msn assíncrono ou coisa do tipo. Fake ou não, o exemplo citado serve pra mostrar como utilizar de forma efetiva a ferramenta. (O twitter, não o dito-cujo)

Só pra mostrar que a coisa fluiu mesmo, veja a imagem que segue:


Acho que to viciada em sexo anal! Oh my Gosh!
Por alinemaciel
.

A troca de God por Gosh seria intencional? Essa expressão realmente existe?
E você, sabe pra que serve o SEU TWITTER?

Related Posts with Thumbnails
Se gostou compartilhe!

Postagem feita no dia 23 de janeiro de 2008 às 5:21 e arquivada na(s) categoria(s) Hypes. Você pode acompanhar os comentários usando RSS 2.0 .
Você pode deixar um comentário ou um trackback do seu site/blog.



4 Comentários ;) para “Twitter: A morte de Heath Ledger e a privacidade!”

  1. Leandro on janeiro 23rd, 2008 at 7:34

    opa..haha interessante.. mas quanto a expressão, ela existe sim, e significa a mesma coisa que God na frase, pelo que sei.

  2. Felipe Veiga "Dent VII" on janeiro 23rd, 2008 at 19:52

    Que ridículo. Cada um escreve o que quer no twitter e cada um segue quem quer, mas mesmo assim, já está parecendo que é hora de criar o porntwitter

  3. DJ Raphael Mendes on janeiro 26th, 2008 at 16:02

    Linkado !

    abração!!!!

  4. Camilo Navegantes on janeiro 26th, 2008 at 17:35

    Os estadunidenses levam muito a sério o nome de Deus, então, para coisas banais, costumam-se utilizar variações de God tipo Gosh, e de Jesus como Geez.

Algo a dizer?

1. Diga o que quiser, você é totalmente responsável pelos seus comentários;
2. Não ofenda as pessoas, não use palavras de baixo calão;
3. Não seja desagradável;
4. Tenha em mente que o conteúdo desse blog é humorístico e/ou irreal;
5. Assim que sair, dê um sorriso;