Numa estratégia ousada e polêmica, e dando continuação a série de Top 5 que vem assombrando esse blog nos últimos dias (vide Top 5 – Músicas para sua festa, Top 5 – Black Music que vira Electro House e Top 5 – Vídeos para uma conquista divertida) irei nesse momento enumerar um top 5 baseado no blog do amigo Yassuda. (Para quem ainda não conhece, corra – Nos 90). Sim, a fenomenal época em que sucessos como youtube e MSN Messenger eram apenas insinuações que viriam a se tornar realidade, fomos tomados por sucessos lembrados hoje com certo saudosismo. E olha que farei esse top 5 baseado no que lembrar nesse instante apenas, não procurarei referências ou outras listas pré-elaboradas. Contarei apenas com a minha falha memória para enumerar em 5 pontos porque os anos 90 poderiam ser considerados melhores que hoje.

Top 5 – O melhor dos anos 90, usando como parâmetro apenas memórias saudosistas

O ranking pode contar gafes relacionadas às posições, porém como é um post feito diretamente no admin do wordpress, sem prévia consulta, entendam e relevem o fato. Use como referência que os itens abaixo citados são todos de extrema importância, não importando a ordem que apareçam aqui.

5 – ICQ

ImageShack Sério, quem usou alguma vez o ICQ, lembra-se dele com saudade. Impossível não associar essa florzinha verde com uma pétala vermelha a momentos incríveis vividos no passado. O MSN Messenger e, aos poucos, o gtalk vêm ocupando o lugar desse pequeno comunicador instantâneo que, certamente, sempre irá despertar as saudades das pessoas. Diversas tentativas são realizadas hoje em dia em prol do retorno do uso da ferramenta, e infelizmente todas falham. Encaro hoje o ICQ como aquele primeiro amor que tivemos, que não terá retorno, mas que para sempre será lembrado por ser o pioneiro. A Mirabilis, uma empresa de Israel que vendeu o ICQ para a AOL, soube o que muitas outras tentaram e falharam incrivelmente. E por mais que eu tente encher linguiça aqui com palavras soltas, o que eu queria verdadeiramente era que ele voltasse a ativa, mesmo sabendo que não acontecerá. Mas quem sabe um dia, os amigos do MSN vão se tocar de uma das maiores funcionalidades do ICQ: Mesmo que você recebesse uma mensagem, ela só era considerada “Lida” se você efetivamente abrisse a janela da mensagem. Mesmo que o computador travasse, o ICQ travasse, o que fosse, a mensagem estaria ali, pronta para ser lida. O fato dele aparecer em primeiro aqui não é relacionado ao fato dele surgir apenas no final da década, porque afinal de contas ICQ é um clássico indiscutível.

4 – Dance Music

Não da pra imaginar, ao menos da forma que eu faço, os anos 90 sem o dance music. O fênomeno eletrônico me conquistou de cara. Talessa, Nick French, Whigfield, Intermission, Corona. E engraçado pensar que foi uma época que pra mim músicas não tinham rostos. Hoje em dia quando eu quero ouvir uma música, o primeiro lugar que eu vou é youtube. De cara, já descubro a cara do artista, se o clipe for oficial (ou até um extra-oficial com foto), quem é, de onde veio. Nos 90, o máximo que eu fazia era decorar o nome da música e do artista e ensaiar os famosos passinhos, febre nas domingueiras do Clube Acre, Espéria e tantos outros lugares onde comecei os passos rumo ao futuro. Isso, inclusive, merece um clássico aqui para ilustar.

Talessa – Did you ever really love me


Só de ouvir, quase saem lágrimas aqui.

3 – Mudanças políticas enormes

ImageShack Essa aqui eu quero deixar para que cada um lembre do que quiser. Falar de política publicamente é sempre algo que provoca reações diversas e nesse quesito cada um de nós sabe bem o que passou de bom e ruim, o que temos hoje de bom e ruim e o que os erros do passado nos fizeram aprender. Na realidade, os erros só fizeram com que alguns de nós aprendessem algo, vide resultados políticos de HOJE EM DIA, mas a esperança (infelizmente) é sempre aquela última que deixa nosso ser, então talvez uma hora dessas o povo realmente aprenda algo com isso. Plano Real, Caras Pintadas, FHC, reeleição. Bastante coisa pra pensar nesse tópico.

2 – Invasão definitiva de séries norte-americanas

ImageShack Falar dos anos 90 é impossível pra mim sem citar Friends, Seinfield e Beverly Hills 90210. Talvez me envergonhe um pouco agora o fato de assumir uma das 3 citadas, mas duas eu assisto até hoje e talvez demore um bom tempo pra deixar de assisti-las. Seinfield é GÊNIO! Em sua série, usa argumentos bastante próximos da realidade (ao menos da realidade norte-americana) e mostra aquelas coisas que realmente podem acontecer. Claro, tudo com um tom acima, talvez. O exagero das situações é evidente e provavelmente é isso que seja o ponto chave da coisa. E Friends dispensa apresentações. Só diria que foi ai que minha paixão platônica pela Jennifer Aniston começou e ainda não teve um final (feliz?), mas terá um dia. A chegada da TV a Cabo me possibilitou conhecer o começo do que hoje é conhecido como “loucura desenfreada”, onde fãs de Lost perdem os fios de cabelo esperando os epsódios pirateados estarem disponíveis instantes depois da exibição na TV dos Estados Unidos. Mas isso é assunto pra outro post.

Obviamente, a posição número 1 desse ranking merece mais atenção e calma. Então, você opina ai nos comentários (se quiser) e eu termino esse ranking em breve, baseado nas opiniões que receber aqui. Agora é com vocês, usem suas lembranças e organize argumentos coerentes. :)

Related Posts with Thumbnails
Se gostou compartilhe!

Postagem feita no dia 30 de junho de 2008 às 1:52 e arquivada na(s) categoria(s) Divagação, Hypes. Você pode acompanhar os comentários usando RSS 2.0 .
Você pode deixar um comentário ou um trackback do seu site/blog.



2 Comentários ;) para “Top 5 – O melhor dos anos 90”

  1. Jonathan on junho 30th, 2008 at 14:57

    Cara, o que eu me lembro com saudade dos anos 90 é do mIRC, você usou ele?
    Foi uma febre, além de você conhecer várias garotas novas de sua cidade, sempre rolava discussoes em canal aberto e muito humor.

  2. Sabrina on outubro 27th, 2010 at 20:15

    É impressão minha ou seu TOP 5 só tem 4 itens? o.O

Algo a dizer?

1. Diga o que quiser, você é totalmente responsável pelos seus comentários;
2. Não ofenda as pessoas, não use palavras de baixo calão;
3. Não seja desagradável;
4. Tenha em mente que o conteúdo desse blog é humorístico e/ou irreal;
5. Assim que sair, dê um sorriso;