Dica do sempre antenado Eliel, do Psicodelia.org

Samothraki Dance Festival 2002-2003

Sempre me perguntam porque eu não curto tanto sertanejo, axé, rock… qual seja o estilo, eu sempre penso em como poderia responder a uma pergunta dessas. Mas tem coisas que não tem jeito, não existe um jeito fácil de mostrar pras pessoas que ir pra uma rave ou festa open air é mais do que uma grande parcela das pessoas usando drogas, música eletrônica repetitiva, pé sujo de barro… tem coisas que a gente simplesmente não consegue explicar. Eu jamais me sentiria bem indo a uma micareta ou num carnaval da Bahia, por exemplo. Admiro bastante quem gosta, vai e se diverte num lugar desses, é perceptível a boa energia na maioria dessas festas. Mas eu não. Eu prefiro meu pé na grama, o sol nascendo e músicas que vão além de um refrão meloso ou chiclete, eu gosto de sentir a música e deixar com que ela faça seu trabalho no meu cérebro ou no meu corpo.

Resumindo, acho que é isso o que temos pra hoje.

( * ) Old, but gold.

Related Posts with Thumbnails
Se gostou compartilhe!

Postagem feita no dia 9 de abril de 2011 às 18:37 e arquivada na(s) categoria(s) Som na caixa. Você pode acompanhar os comentários usando RSS 2.0 .
Você pode deixar um comentário ou um trackback do seu site/blog.



Opa, ja temos 1 para “Samothraki Dance Festival 2002-2003”

  1. ((( TRETA ))) › Festa Rave on abril 9th, 2011 at 18:50

    […] Samothraki Dance Festival 2002-2003 via Psicodelia. […]

Algo a dizer?

1. Diga o que quiser, você é totalmente responsável pelos seus comentários;
2. Não ofenda as pessoas, não use palavras de baixo calão;
3. Não seja desagradável;
4. Tenha em mente que o conteúdo desse blog é humorístico e/ou irreal;
5. Assim que sair, dê um sorriso;