Ok, nunca assisti Lost. Talvez a princípio isso pudesse tirar minha credencial para falar de JJ Abrams, mas descobri uma palestra dele no youtube e começo a entender o fascínio das pessoas por suas criações. O cara demonstra uma paixão que é difícil você ficar indiferente. E os fanboys (and girls) de Lost mostram nos 4 cantos da internet que o cara consegue de fato atrair a atenção do mundo. Inclusive, dias desses, fui abordado por um fanboy no buteco querendo discutir e me incentivar a assistir Lost. 

Dica: Nunca chegue pra mim falando “Pô, todo mundo assiste, só falta você!” que esse é sem dúvidas um argumento inválido comigo. E não, não pretendo assistir Lost tão cedo.

Enfim, a palestra na TED está legendada e prontinha pro consumo. Faz 3 meses que está no ar, aparentemente, mas pelo pouco número de views eu achei que valesse a recomendação.

JJ Abrams: Caixas misteriosas (parte 1/2)

JJ Abrams: Caixas misteriosas (parte 2/2)

Separe 20 minutos do seu dia para assistir isso, é motivador.

Para os desavisados, a explicação:
TED é uma conferência que existe desde 1984 em que palestras são ministradas com base nos conceitos e idéias, diferente de conferências onde tecnologias e novos hypes são o foco. Cada palestra deve durar em média 20 minutos, existem mais de 200 palestras no site oficial da TED e muitas estão sendo adicionadas, sempre que possível. Todos os vídeos são liberados em Creative Commons e podem ser retransmitidos a outras pessoas. Recentemente, um grupo resolveu legendar algumas das palestras e disponibilizar no youtube, o que é ótimo pra quem tem alguma dificuldade ou simplesmente não entende nada de inglês.

Related Posts with Thumbnails
Se gostou compartilhe!

Postagem feita no dia 11 de novembro de 2008 às 18:12 e arquivada na(s) categoria(s) Divagação, Hypes. Você pode acompanhar os comentários usando RSS 2.0 .
Você pode deixar um comentário ou um trackback do seu site/blog.



Algo a dizer?

1. Diga o que quiser, você é totalmente responsável pelos seus comentários;
2. Não ofenda as pessoas, não use palavras de baixo calão;
3. Não seja desagradável;
4. Tenha em mente que o conteúdo desse blog é humorístico e/ou irreal;
5. Assim que sair, dê um sorriso;