Oi!

Luthier – Kaos (Original Mix)

Toda vez que eu quero escrever algo aqui eu trago uma música, mas não é apenas uma desculpa. Eu preciso de um estímulo maior do que algumas palavras para lembrar de algumas coisas. Eu associo os momentos com as tracks, no geral.

Uma coisa que eu notei só depois de um tempo, porém, é que eventualmente os títulos das músicas acabavam trazendo também algum tipo de associação, mas de forma completamente incidental. Sério, eu parei pra ler algumas coisas passadas e notei isso, achei curioso e fui olhando mais e mais e mais…

Hoje eu entendo uma coisa, que pode parecer não fazer o menor sentido, mas pra mim faz: Não pode ser o acaso, não pode ser só coincidência. No geral, eu procuro primeiro a track, de forma aleatória na maioria dos casos, resolvo que vai ser ela, coloco aqui e depois escrevo o que vier na mente. Pode ser que seja o inconsciente querendo dizer as coisas, talvez. Não sei ainda o que é, sei que estou atento a isso agora.

Aí eu paro por dois minutos pra reler isso e penso: Kaos, consciência. Sério, não pode MESMO ser aleatório, pode?

Related Posts with Thumbnails
Se gostou compartilhe!

Postagem feita no dia 4 de janeiro de 2012 às 22:55 e arquivada na(s) categoria(s) Som na caixa. Você pode acompanhar os comentários usando RSS 2.0 .
Você pode deixar um comentário ou um trackback do seu site/blog.



Algo a dizer?

1. Diga o que quiser, você é totalmente responsável pelos seus comentários;
2. Não ofenda as pessoas, não use palavras de baixo calão;
3. Não seja desagradável;
4. Tenha em mente que o conteúdo desse blog é humorístico e/ou irreal;
5. Assim que sair, dê um sorriso;