Queen
Fonte: Grandes Tolices do Orkut

Sabe quando você pensa sempre em um assunto, mas nunca conseguiu reunir palavras o suficiente pra render um post inteiro? Fizeram isso por mim e eu to até agora analisando os resultados. Tudo devidamente explicado no post do Marcus, que você pode ver aqui.

Afinal, quem mais ousaria incluir a Mulher Melancia num discurso inflamado sobre inclusão digital? E o pior (ou melhor) é que ele ta correto em suas observações. Façam a leitura lá primeiro e depois voltem aqui, eu espero.
.
.
.
.
.
E deixo a pergunta aqui: aonde o Brasil vai parar? Com leis que favorecem a corrupção dos policias (vide nova lei que proíbe o consumo de bebida alcólica para quem estiver dirigindo), pouco ou nenhum esforço político para que as coisas mudem a curto ou longo prazo, pessoas pouco se importando com o próximo. É triste ver uma nação a mercê de interesses particulares.

Curtam o momento de alegria proporcionado ai e depois pensem em algo. Eu farei isso agora!

Update: Imagina então que os nobres querem desligar a rede de SMS no país? Cara, cada dia uma piada-pronta nova. Viva o Brasil! E o pior é que isso pode mesmo acontecer. Desanima qualquer fiel.

Related Posts with Thumbnails
Se gostou compartilhe!

Postagem feita no dia 25 de junho de 2008 às 15:52 e arquivada na(s) categoria(s) Hypes, Polêmica. Você pode acompanhar os comentários usando RSS 2.0 .
Você pode deixar um comentário ou um trackback do seu site/blog.



2 Comentários ;) para “Inclusão Digital: A arte de cometer gafes!”

  1. marcus on junho 25th, 2008 at 16:15

    Eu de minha parte adoro a inclusão digital, pois são justamente as pessoas que entraram agora na internet que clicam nos meus anúncios.

  2. linny on junho 25th, 2008 at 21:25

    PUTA MERDA!!

    isso é demais

    :**

Algo a dizer?

1. Diga o que quiser, você é totalmente responsável pelos seus comentários;
2. Não ofenda as pessoas, não use palavras de baixo calão;
3. Não seja desagradável;
4. Tenha em mente que o conteúdo desse blog é humorístico e/ou irreal;
5. Assim que sair, dê um sorriso;