O povo pediu a retaliação. Vamos a ela.

Diferenças entre DJs e Produtores:

Eis aqui DJ Craze. Como podemos notar, o rapaz tem algum talento no que diz respeito a remixar músicas, incluir efeitos sonoros no momento em que toca e, se não bastasse, foi 5 vezes campeão de uma das competições mais importantes da cena – o DMC.

É notável o que um DJ pode fazer com os equipamentos certos, com a quantidade de treino que tiver disponível e com a habilidade e sensibilidade na condução de uma pista de dança. Se por um lado temos milhares (milhões?) de pseudo-DJs que apertam o play, por outro lado temos uma meia duzia de 20 ou 50 que sabem o que fazer para alegrar e provocar sorrisos numa pista de dança.

Grownling Machines é a união de dois produtores (e DJs) de sucesso na cena eletrônica – Gabe e Riktam. Ambos produzem separados também, mas a união deles gerou essa track em particular, que eu acho fantástica. Como alguns poderão perceber, a música que deu vida a isso é de um grupo chamado Celldweller, e assim sendo, pertencente ao gênero Rock. É uma música que eu, particularmente, só conheci depois do remix. Tem traços marcantes, guitarras enfurecidas e definitivamente não faz o meu estilo.

Com a união, nasceu uma track legítima e que pertence ao gênero Psy Trance. Full on seria uma sub-categoria, mas deixemos isso para quem gosta de firulas e rótulos precisos.

Produzir uma música a partir de outra é o que um produtor de música eletrônica faz, dentro desse contexto. Um DJ não faria isso. Porém, na maioria dos casos, os produtores podem sempre que quiserem ir para atrás das pickups e fazer as vezes de DJ. Mas digo tudo isso em linhas bastante gerais, existem diversos outros fatores que poderiam ser trazidos a esse texto. Mas, creio que eu tenho argumentos suficientes para mostrar meu ponto já.

Em tempo: Baixei um software que me possibilita produzir músicas eletrônicas. Sou um DJ/Produtor já? #luidefacts

( * ) Mais alguma dúvida, Luide?

Related Posts with Thumbnails
Se gostou compartilhe!

Postagem feita no dia 14 de abril de 2011 às 14:17 e arquivada na(s) categoria(s) Som na caixa. Você pode acompanhar os comentários usando RSS 2.0 .
Você pode deixar um comentário ou um trackback do seu site/blog.



Algo a dizer?

1. Diga o que quiser, você é totalmente responsável pelos seus comentários;
2. Não ofenda as pessoas, não use palavras de baixo calão;
3. Não seja desagradável;
4. Tenha em mente que o conteúdo desse blog é humorístico e/ou irreal;
5. Assim que sair, dê um sorriso;