Usando funk, claro.
Legal é você ouvir essa música, ver o clipe e conseguir dançar com o ritmo das batidas. Cariocas, vocês conseguiram. De novo.

Datena: Você está fazendo isso errado. Além do mais, Funk é cultura.

( * ) A música é old, mas o clipe é novidade pra mim.

Update: Um dos comentários do vídeo no youtube – cara, mandou muito bem que historia,que letra,acontece muito isso no mundo ta de parabens d+++++++. (veronica4648)

Related Posts with Thumbnails
Se gostou compartilhe!

Postagem feita no dia 7 de fevereiro de 2011 às 2:54 e arquivada na(s) categoria(s) Polêmica. Você pode acompanhar os comentários usando RSS 2.0 .
Você pode deixar um comentário ou um trackback do seu site/blog.



2 Comentários ;) para “Como falar de uma tragédia num tom despojado?”

  1. Rafael R on fevereiro 7th, 2011 at 5:54

    Como falar de uma tragédia num tom despojado? http://goo.gl/fb/eXYHe

  2. Rafael R on fevereiro 7th, 2011 at 20:08

    Mas se tem uma coisa que o Datena precisa aprender é como falar de tragédias num tom mais despojado http://bit.ly/ia4Oet

Algo a dizer?

1. Diga o que quiser, você é totalmente responsável pelos seus comentários;
2. Não ofenda as pessoas, não use palavras de baixo calão;
3. Não seja desagradável;
4. Tenha em mente que o conteúdo desse blog é humorístico e/ou irreal;
5. Assim que sair, dê um sorriso;