\o/

Chicane – Where Do I Start? (Armin Van Buuren Remix)

Engraçado como algumas coisas simplesmente acontecem. E mesmo que pareçam estranhas a primeira vista, elas têm alguma continuidade.

Alguma vez você já se pegou pensando no porque de algumas coisas existirem, acontecerem ou estarem ali? Muitas teorias tentam explicar isso, muitas mesmo. Algumas delas são cômodas para o momento, outras tentam te empurrar goela abaixo o que quer que elas precisem provar. E talvez, apenas talvez, a melhor explicação que exista para essas situações é porque supostamente era assim que deveria ser.

Pense no seu caminho, como um todo. Cada dia da sua vida sendo uma página de sua história. Com algumas decisões suas e outras que lhe foram impostas, você visualiza um caminho a percorrer. É por ele que você irá a partir de agora. A partir de hoje. A partir daquela sua reflexão de ontem. A partir de um sinal evidente que alguém te mandou. Ou a partir de um feeling seu, algo que provavelmente não tenha uma explicação lógica, mas que você sente como certa.

É possível que você esteja pensando agora em algo que te fez mudar de rota. É possível que hoje mesmo você tenha tido uma luz sobre um determinado caminho que você supostamente precise estar. E eu, como alguém que jamais te viu mas sempre quis te ajudar, só posso dar um grande conselho nesse minuto: Siga adiante! O novo assusta, o novo pode ser complicado, o novo é sempre uma incógnita. Mas é com o novo que as pessoas se conhecem melhor, é com ele que as pessoas conseguem chegar na felicidade, é nisso que algumas vidas ganharão um novo sentido.

E você, qual a sua teoria pra hoje?

Related Posts with Thumbnails
Se gostou compartilhe!

Postagem feita no dia 17 de maio de 2011 às 13:20 e arquivada na(s) categoria(s) Som na caixa. Você pode acompanhar os comentários usando RSS 2.0 .
Você pode deixar um comentário ou um trackback do seu site/blog.



Algo a dizer?

1. Diga o que quiser, você é totalmente responsável pelos seus comentários;
2. Não ofenda as pessoas, não use palavras de baixo calão;
3. Não seja desagradável;
4. Tenha em mente que o conteúdo desse blog é humorístico e/ou irreal;
5. Assim que sair, dê um sorriso;