Archive for the ‘Polêmica’ Category

Todo mundo já teve algum tipo de problema durante sua vida com os serviços prestados no Brasil. Seja sua cia de celular, a sua tv a cabo ou até mesmo seu serviço de internet, cada um deles apresenta problemas em algum momento. É pensando nisso que você, que sempre encontrou dificuldade para cancelar o determinado serviço, deve ler o texto a seguir. Meu brother Fernando “gravz” elaborou esse pequeno texto que é a maneira definitiva de conseguir CANCELAR o seu serviço.

Testarei na segunda-feira, com o meu Sem Parar. Fiquem a vontade para usar.

Primeiro, tente ligar. Evidentemente demorarão ou desligarão etc. Ok, você tentou (e isso está registrado para qualquer fim). Agora, vamos à tática (que é correta e juridicamente adequada, sem trambiques ou coisa do tipo).

TODOS esses serviços possuem algum tipo de “Fale Conosco” e quase todos eles fornecem protocolos ou até mesmo CÓPIA para seu próprio email (da mensagem enviada via formulário).

Escreva o seguinte no espaço respectivo do formulário Fale Conosco:

“Prezados senhores, em razão das tentativas infrutíferas de contato telefônico, serve esta para comunicar o CANCELAMENTO DE MINHA ASSINATURA de número xxxxxxxxx (ponha todos os dados cabíveis). Considerando o registro de recebimento desta por V.Sas., bem como o número de protocolo XXXXXXXXX (caso haja) e finalmente a cópia enviada para minha caixa postal, o CANCELAMENTO resta inequivocamente comunicado. Este comunicado tem valor jurídico para encerrar o vínculo contratual que, se recusado ou questionado pela empresa, será realizado pela via judicial, o que se poupa por agora em razão da razoabilidade e do princípio da boa-fé. Grato pela atenção xxxxxx” (é bom dar um “print” no texto no campo e depois outro no protocolo de envio, nos casos em que não chegam cópia para seu email).

Fiz isso com a TVA/Vivo e no dia seguinte me ligaram já marcando a retirada do equipamento. Façam o mesmo, caso queiram cancelar algo – antes que eles mudem alguma regra (mas, a rigor e juridicamente, continua valendo esse tipo de comunicado feito em canal oficial com protocolo de recebimento/leitura).

De nada.

Obrigado.

Vídeo: O efeito das drogas na hora do trabalho

Posted on janeiro 3rd, 2014 by Rafael R

Dois vídeos, um tema: O que acontece quando você usa drogas e vai trabalhar? Pode dar tudo certo, pode dar tudo errado, tudo depende. O fato é que alguém teve a coragem de finalmente filmar as próprias reações e publicar no Youtube. Confira os vídeos, em especial o segundo, onde Sam Briggs foi aproveitar a época de festas para fazer um trabalho voluntário de embrulhar presentes de graça.

Maconha, Ecstasy e Cogumelos Alucinógenos

Cocaína, LSD e Ketamina

Talvez você precise pensar duas vezes antes de fazer algo assim.

Deixe sua cerveja gelada rápido usando um guardanapo molhado

Posted on agosto 21st, 2013 by Rafael R

Existem inúmeras maneiras diferentes de se gelar cerveja. Alguns usam álcool e sal, outros preferem a praticidade (e paciência) de um freezer bem gelado. O método não importa, contanto que a breja esteja trincando, no melhor estilo “canela de pedreiro”.
Mas como toda novidade é bem vinda, eis que me deparo com essa técnica maneiríssima pra dar aquela acelerada no procedimento. Que tal usar um guardanapo pra gelar a sua cerveja?

Kiba direito fdp!

Na verdade, não sei bem ao certo o inventor do método (minhas sinceras desculpas se o mesmo estiver lendo), e com certeza muita gente aqui já conhecia essa técnica, mas de fato para mim era uma novidade e por isso decidi compartilhar aqui. Vamos ao passo-a-passo:

1. Pegue um guardanapo grande (ou papel-toalha), enrole sua latinha ou long neck, e em seguida molhe rapidamente (pra evitar que o papel despedace).
2. certifique-se que o papel absorveu bem a água e em seguida leve a sua cerveja ao congelador
3. Deixe a cerveja gelar na temperatura ambiente até ficarem bem geladas, por aproximadamente 20 minutos.
4. Não esqueça sua cerveja no congelador. Em alguns testes, a cerveja ficou 30 minutos no freezer e acabaram virando pedra.

Algumas considerações

Você deve estar se perguntando qual o segredo da técnica. Pois bem. Quando colocamos o papel molhado na cerveja e levamos ao congelador, ele, por ser muito fino, congela rapidamente e oferece uma excelente superfície de contato com a cerveja.
Há uma troca de temperatura entre o papel (congelado) e a cerveja (quente), o que intensifica ainda mais o processo, que duraria bem mais se fosse feito apenas com o ar gelado do congelador, visto a ineficiência do ar em conduzir temperatura.

Conforme dito anteriormente, muito cuidado para não esquecer sua cerveja no congelador. Dependendo de seu freezer, a breja pode gelar numa velocidade absurda, congelando a menina. Portanto, Muito cuidado!

Quem souber de outra técnica bacana pra gelar cerveja, favor nos informar nos comentários. Boa gelada a todos!

Fonte: Verdana

Uma pesquisadora da Universidade de Oxford e autora especializada em neurociência sugere que um dia o fundamentalismo religioso pode ser tratada como uma doença mental curável.

Kathleen Taylor, que se descreve como uma “escritora de ciência filiada ao Departamento de Fisiologia, Anatomia e Genética”, fez a sugestão durante uma apresentação sobre a pesquisa do cérebro no Hay Literary Festival, no País de Gales, na quarta-feira. Em resposta a uma pergunta sobre o futuro da neurociência, Taylor disse que “Uma das surpresas pode ser a de ver as pessoas com certas crenças como pessoas que podem ser tratadas,” que foi publicado no Times of London.

“Alguém que, por exemplo, tornou-se radical a uma religião – que pode parar de ver isso como uma escolha pessoal, como uma escolha própria resultado de puro livre-arbítrio e pode começar a ser tratado como alguém com algum tipo de distúrbio mental”, disse Taylor. “Em muitos aspectos, poderia ser uma coisa muito positiva, porque não há dúvida de crenças em nossa sociedade que fazem coisas negativas e causam danos.”

A autora chegou a dizer que ela não estava apenas se referindo aos “candidatos óbvios, como o islamismo radical”, mas também relacionando algumas crenças, como a ideia de que bater em crianças é aceitável. Infelizmente, Taylor não estava disponível para comentar o assunto após as declarações.

Esta não é a primeira vez Taylor explorou os processos de uma “mente radical”. Em 2006, ela escreveu um livro sobre o controle da mente chamado de “Lavagem Cerebral: A Ciência de controle do pensamento”, que explorou a ciência por trás das táticas persuasivas de grupos religiosos e Al Qaeda.

“Nós todos podemos mudar nossas crenças, é claro”, disse Taylor em um vídeo do YouTube sobre o livro. “Nós todos persuadimos uns aos outros para fazer as coisas; Nós todos assistimos propagandas; Todos nós temos educação e experiências religiosas; A lavagem cerebral é o extremo disso (as religiões); É forte, é um tipo de tortura psicológica coercitiva”.

Taylor também observou que a lavagem cerebral, embora extrema, faz parte de um o “fenômeno muito mais amplo” de persuasão. Isto é, “como podemos fazer as pessoas pensarem coisas que podem não ser boa para eles, que eles não poderiam ter escolhido para pensar.” No entanto, Taylor também tem sido uma voz de cautela em termos de ética ao se aprofundar muito profundamente no misterioso funcionamento do cérebro humano.

“Tecnologias de leituras diretas ou manipular cérebros não podem ser ferramentas neutras, abertas para exploração comercial como qualquer novo gadget”. Taylor escreveu em um post no blog de The Huffington Post em 2012. “A supremacia do cérebro oferece chances para melhorar a dignidade humana, mas também corre o risco de abusos.”

Assista ao vídeo abaixo para ouvir Kathleen Taylor discutir seu livro “Lavagem cerebral: A ciência do controle do pensamento”.

Fonte: The Huffington Post

O crime não compensa

Posted on novembro 20th, 2012 by Rafael R

Vale para tudo:

O crime não compensa

Olhe duas vezes antes de roubar cookies por aí.