Archive for the ‘Corinthians’ Category

Gaviões da Fiel – Samba Enredo do Carnaval 2012

Posted on fevereiro 14th, 2012 by Rafael R

Vai meu gavião…
Cantando a saga do menino sonhador
Um filho do sertão, cabra da peste… Irmão
Que deus pai iluminou!
Trouxe no sangue a coragem, a fé
O poder regendo seu destino!
Na cidade grande a esperança… O futuro promissor!
Traçou seu o caminho
Cresceu foi à luta… Pra vencer
E o sonho se torna real
Luiz Inácio o operário nacional!

Companheiro fiel… Por liberdade
Na corrente do bem… Contra a maldade!
Elo forte da democracia
A luz da nossa estrela guia!

Viu… No coração do Brasil
Tanta desigualdade
O retrato da realidade
A utopia buscando a dignidade!
Solta o grito da garganta e vem comemorar
A soberania popular
Felicidade…
O povo unido venceu
A cidadania resplandeceu
Uma nova era aconteceu!

Sou da nação, sou valente e festeiro
Corinthiano loucamente apaixonado!
Em oração a São Jorge guerreiro
Peço que o brasileiro seja sempre abençoado!”

1º de Setembro – Dia do Corinthians

Posted on setembro 1st, 2011 by Rafael R

Hoje eu to além de dizer que o meu time é o líder do atual campeonato Brasileiro, além de falar sobre algumas conquistas, sobre a história bonita desse clube e das igualmente bonitas histórias de diversos ícones e torcedores. Hoje eu to a fim de falar sobre uma das características que o Corinthians me emprestou e que eu procuro empregar na minha vida, no meu dia-a-dia. Vamos falar de garra.

Eu era pequeno ainda quando me descobri Corinthiano. Numa casa com 4 bambis, eu vi que aquilo ali não era pra mim. Então tinha que aprender sobre futebol fora de casa. E se você nasceu em Sampa longe do centro, sabe que isso quer dizer que você vai aprender com outros garotos da sua idade, além daqueles mais velhos que estão na sua rua.

E desde cedo, eu ouvia os mais velhos sempre exaltando uma qualidade, sempre fazendo o mesmo discurso: “No Corinthians não precisa ser bom, nunca. Mais importante do que isso é ter raça dentro de campo.” Era preciso mostrar que está ali, honrando todos aqueles poucos mil nas arquibancadas e tantos milhões fora delas, correndo, pulando, se jogando e o fazendo o que for preciso para sair com a vitória naquele jogo. É isso o que sempre me chamou mais a atenção nesse clube, a garra.

Com o passar dos anos, as coisas vão mudando. Problemas surgem, você é parte deles e precisa fazer algo para resolver. Afinal, a vida não é e nunca será fácil pra ninguém, certo? E quanto a isso, como eu agiria? Como enfrentaria meus desafios, como iria me portar durante os problemas, como iria encarar a vida… e em cada um desses momentos, a partir daquela primeira vez onde eu ouvi que não importava a habilidade desde que houvesse garra que eu descobri como seria. E até hoje, em momentos complicados onde decisões importantes precisam ser tomadas, eu penso nisso.

Acho que essa é mais uma daquelas pequenas coisas que não adianta explicar para quem não sente, Corinthiano tem dentro de si um lance de ser guerreiro por natureza que soa ao inexplicável. Ainda temos muito para conquistar, muito para fazer e muito para crescer, só que ao invés de ficarmos o tempo todo olhando para o dos outros, estamos aqui, curtindo o nosso. É legal falar sobre as glórias do passado mas é melhor ainda saber que, na vitória ou na derrota, estaremos todos lá. Já provamos isso, algumas vezes. E continuaremos provando.

É, Corinthians, obrigado. Um dos traços mais bacanas da minha personalidade veio de você. E isso, por si só, seria motivo suficiente para eu jamais te abandonar. Mas existem outras coisas, ainda. E nós sabemos disso.

– – –

Esse texto foi produzido para o Pontapé.net/Corinthians, mas eu precisava deixa-lo por aqui também.
Parabéns, Corinthians!

A descrição já diz tudo: Este é um documentário jornalístico sobre futebol que não mostra jogadores nem jogos, sequer uma bola. É o retrato de uma das maiores torcidas do mundo durante uma das maiores crises do time por que torce. Mas, para esta torcida, pouco importa o que acontece em campo. Em qualquer tempo, em qualquer época, este torcedor só quer saber de estar lá. Sempre. Este é um filme sobre algo que só quem é sabe o que é.

Aos amigos que assistirem, dividam suas opiniões através dos comentários nesse blog. E Vai Corinthians!

Samba enredo – Gaviões da Fiel | Carnaval 2011

Posted on novembro 24th, 2010 by Rafael R

Já saiu o samba enredo dos Gaviões da Fiel para o carnaval 2011. O tema é Dubai e você pode ouvir aqui, além de acompanhar a letra logo abaixo.

A LUA BRILHOU NO CÉU DO ORIENTE
FEZ DA LÁGRIMA SEMENTE
TESOURO NO AZUL DO MAR
HISTÓRIA DE UM REINO ENCANTADO
NESSA VIAGEM VEM COMIGO DESVENDAR
UM REI ILUMINADO
ABRE OS CAMINHOS DO AMANHÃ
SEMEIA EM SOLO SAGRADO
O DESEJO DE UM NOVO ELDORADO
DOS POVOS HERDARAM CULTURAS
FORMANDO A NAÇÃO

DE CARONA PRA FOLIA… VEM VER
A CIDADE DO FUTURO VAI PASSAR
EMBALA MEU SONHO PRA REALIDADE
O COMBUSTÍVEL DA MODERNIDADE

COM A BENÇÃO DO CRIADOR
O HOMEM EMOLDUROU A NATUREZA
O PROGRESSO DESPONTOU
O MUNDO VEIO TANTAS BELEZAS
SOU MERCADOR DA ALEGRIA, INVESTI NA MAGIA
NO PORTAL DA FELICIDADE
EM CENA UM FESTIVAL DE EMOÇÃO
CULTURA, DO OURO A RIQUEZA
NO ESPORTE ENCONTREI MINHA PAIXÃO
E O SONHO NÃO VAI ACABAR
MEUS FILHOS VÃO COLHER
E O MEU MAIOR TESOURO É VOCÊ

CORRE SANGUE GAVIÃO NA VEIA
FAZ MEU CORAÇÃO PULSAR
HOJE DUBAI É ALVINEGRA
E A FIEL VAI TE EXALTAR

E Vai Corinthians! =D

Ronaldo convoca torcida do Corinthians | @claroronaldo

Posted on outubro 5th, 2010 by Rafael R

Uma coisa que vários jogadores que passaram pelo Corinthians nunca entenderam é que não precisa ser craque pra ser ídolo. Sim, se for craque a chance é maior, mas esse não é um grande diferencial. Quem quer ser lembrado pela torcida precisa fazer apenas uma coisa, mais do que qualquer outra: demonstrar garra.

As vezes, a maré ta ruim e o gol não sai. Não é por isso que a torcida deixará de apoiar, como já ficou comprovado em diversos momentos desses 100 anos de história. As vezes, a sorte não nos favorece, e mesmo assim a torcida continua lá, apoiando. Agora, uma coisa que jamais aceitaremos é jogador que não tem garra, que não tem raça em campo, aquele que faz corpo mole, não tem vontade, não quer vencer o tempo todo.

Dentro disso, poderia citar diversos nomes que passaram pelo Parque São Jorge. Mas nesse momento, vamos ficar apenas com um que, dia após dia, superação após superação, tem mostrado que entendeu exatamente esse espírito, e mesmo que lhe falte um pouco de vontade (sim, ficar na balada direto não é o melhor pra recuperar a boa forma), a gente sabe que foi e está sendo importante pra essa nova fase do Corinthians, rumo ao segundo centenário. E ta ai, Ronaldo convocando a torcida para 5 jogos que serão “em casa”, mostrando que pelo menos no texto ele entendeu o que nós somos, esperamos e queremos de nosso time.

Ronaldo será lembrado pela torcida, quando parar de jogar. Mas enquanto esse dia não chega, não esqueça de mostrar aquela raça que a torcida espera de você. Sabemos que a saúde já não é mais a mesma que nos dias de glória, mas você também sabe que quando a bola chega em você, a zaga adversária fica em choque e sem saber o que esperar. Mostre pra eles o que um Corinthiano quer ver.

Valeu, Ronaldo!