O “início” de tudo

– Me manda uma foto sua?
– Putz, não tenho scanner. Vou pedir pra uma amiga minha scannear, depois te mando.

Quem não se lembra desse tipo de conversa no ICQ há 10 anos?
Parece que foi até outro dia, quando uma propaganda fantástica de um cachorrinho com uma coleira escrito iG, começou a revolucionar a era digital, no Brasil: Internet grátis! Nada mais alegre poderia aparecer naquele momento, onde a maioria das pessoas acessavam pelo “discador UOL” e se limitavam há um plano de 30 horas de acesso mensal. O que são 30 horas hoje em dia, onde um jovem passa mais da metade de seu dia “conectado“?

A internet pouco se usava e talvez pela falta de paciência, onde muitas vezes a conexão caía naquela conversa “quente” que você estava no bate papo do UOL, na sala de 15 a 20 anos. E tamanha fúria quando você pedia foto para alguém, e tinha de esperar semanas, meses, até que algum “amigo sortudo” escaneasse a foto e gravasse em um disquete. O que é um disquete hoje em dia, depois do surgimento de pen-drives? Toda aquela ansiedade de ver seu amigo virtual de meses, onde você só podia imaginar sua fisionomia através da descrição que um dava ao outro e tamanha “decepção” era nas vezes que a tão esperada foto chegava.

Lembro quando tinha uma prima que morava nos EUA e, a família toda aqui se reunia todas as segundas-feira para conectarmos na internet e falarmos com ela via Netmeeting e uma webcam onde a cada movimento feito por ela, demorava uns 5 segundos pra aparecer na nossa tela“, conta Juliana Melo, 22 anos.

Felizes são os jovens de hoje em dia, onde não pegaram as “dificuldades” que enfrentamos há 10 anos. Sem dizer dos mais “antigos” a mim, que usavam BBS. Ainda peguei uma época boa de IRC, onde nada mais prazeroso do que você escolher o #canal de seu interesse para conhecer e conversar com novas pessoas.


BBS, será que você conseguiria trabalhar assim?

ICQ, IRC, salas de bate papo, tudo isso foi ficando pra trás e muita tecnologia nova foi “jogada” para nós: internet rápida, webcam, câmera digital, skype, msn, fotolog, orkut, twitter, blogs, facebook, myspace, wireless. A cada dia surge uma nova “mania” na internet, que cada vez mais interage com o usuário. Você sai pelas ruas, shoppings, feiras e por todo o lado você vê alguém conectado no laptop, celular vivendo muito mais uma vida virtual do que real. E com todo esse tempo perdido conectados todos os dias, onde fica o “corpo a corpo”? Quantos amigos virtuais você conheceu até hoje? Ou talvez não tenha conhecido por medo de ir à uma festa com ele e ter seus órgãos roubados.

Mas imagine também como as pessoas se conheciam bem mais pessoalmente do que hoje, onde um amigo virtual têm mais importância do que um amigo real, se é que não podemos dizer que o virtual também é real. Mas isso é assunto para o próximo post.

Related Posts with Thumbnails
Se gostou compartilhe!

Postagem feita no dia 1 de julho de 2008 às 11:20 e arquivada na(s) categoria(s) Cenas Urbanas. Você pode acompanhar os comentários usando RSS 2.0 .
Você pode deixar um comentário ou um trackback do seu site/blog.



2 Comentários ;) para “As dificuldades pré-era digital”

  1. Jaqueline Amorim on julho 3rd, 2008 at 21:54

    Grandes lembranças rsrsrsrsrsrs. Realmente a era digital veio com tudo! Diga-se de passagem outros aparelhos como o celular também. eu tenho aqui em algum lugar um jornal veeeeelho com umas fotos de marketing dos primeiros Nokias (tijolões) mas o assunto aqui é internet rsrsrsrsrs. Na minha época de adolescencia nem usava a internet… Chique mesmo era saber datilografar e entregar os trabalhos escolares datilografados era um luxo rsrsrsrs afff… Acho que estou velha rsrsrsrs. Eu conheci muita gente boa na net, mas contato mesmo ainda não tive com nenhuma, não pelo medo de perder os órgãos ou a vida mas por todos morarem muito longe de mim… quando eu tiver oportunidade, espero sair para conhecer pelo menos a metade de todos os amigos virtu-reais que tenho :0 Beijos e boa noite para vc!

  2. André Pacheco on julho 5th, 2008 at 1:47

    Nossa, eu peguei essa fase. Lembro de cada coisa que você falou. Mas o pior, era ter que esperar até meia-noite pra conectar. Ou, sábado depois das duas da tarde. Hahahahaha…

    E me fez refletor também. Hoje, as relações humanas estão resumidas em bytes. As amizades, amores, sonhos, tudo está em zeros e uns. Uma pena.

Algo a dizer?

1. Diga o que quiser, você é totalmente responsável pelos seus comentários;
2. Não ofenda as pessoas, não use palavras de baixo calão;
3. Não seja desagradável;
4. Tenha em mente que o conteúdo desse blog é humorístico e/ou irreal;
5. Assim que sair, dê um sorriso;