Archive for abril, 2014

Ok, idiota é uma palavra forte e foi usada apenas para chamar a atenção. Mas você precisa pensar em HIMYM como um todo e não apenas como um episódio que mostra o final da história. Evidentemente, não prossiga nessa leitura se você ainda não assistiu, tem spoilers.

– – –

Final de HIMYM

Todos queriam saber quem, afinal de contas, era a “Mother” que dava título a série. Mas se você se decepcionou com o final dessa jornada você realmente não prestou a devida atenção nela. Dentro do próprio episódio a filha do Ted matou a charada: “Você não está contando a história de como conheceu a nossa mãe e sim dando um jeito de dizer que gosta da Robin!“. A história nunca foi sobre a mãe e se você assistiu ao episódio piloto você vai ter certeza disso. É esse o ponto onde você deveria chegar.

Durante esta nona temporada, os próprios produtores deixaram claro que está era uma chance de mostrar um pouco mais da mãe. O grande ponto é que eles deixaram claro que isso era um bônus, que foi inserido dentro do contexto de um final de semana do casamento e encaixando pequenos flash forwards mostrando alguns pontos. Foi legal saber que ela teve uma vida complicada, foi duro demais saber que ela acabou morrendo. Mas o final da história já estava decidido, os dois últimos episódios seriam os da temporada passada caso não fosse fechado que haveria uma nova e última temporada.

Um bônus. É o que foi a nona temporada.

Se você torceu o nariz pelo fato de que o Ted certamente ficaria com a Robin então você não entendeu muito bem do que a série trata. Se para você a morte da mãe invalidou a série como um todo você não entendeu nada. E se você não ficou contente por aquele cara que, no primeiro episódio da série conheceu uma mulher de uma das formas mais incríveis que existem, então certamente você precisa rever não só o Pilot como todas as outras temporadas, dessa vez de uma forma mais crítica.

Sempre foi a Robin. Se frustrar pelo contrário é não entender isso.