Archive for novembro, 2012

Roubando óculos na rave

Posted on novembro 27th, 2012 by Rafael R

Quase não dá pra perceber o movimento ninja. Mas repare o rapaz de polo vermelha e preto, no centro do vídeo:

Será que ele conseguiu retomar depois? São cenas como essa que me afastaram das raves por algum tempo, infelizmente. Mas parece que aos poucos a turma da moda se voltou para outros estilos musicais e estão ficando nas pistas de dança repletas de grama e lama apenas aquela minoria que consegue diferenciar o motivo pelo qual começaram as festas mundo afora daqueles que surgem para se aproveitar de momentos oportunos.

Pelo menos o som tava maneiro, né?

* Vi primeiro no Humor Eletrônico

Escola de poker do Canadá oferece curso de telemarketing para jogadores de poker. A intenção é que cada inscrito siga os passos do campeão Phil Ivey, que começou nesse cargo aos 18 anos de idade.

Phil Ivey Telemarketing

Antes de se tornar uma lenda do esporte, Phil Ivey foi um modesto atendente de telemarketing. E foi pensando nisso que uma escola de poker passou a oferecer o curso em sua grade de aulas, dando ênfase que é possível que o próximo campeão do mundo possa trilhar os mesmos passos já feitos por outros astros do esporte.

“É preciso antes de tudo ter paciência, seja no atendimento a clientes confusos ou numa mesa de poker, que precisa que você fique focado 8, 9 ou 10 horas seguidas”, diz Scoth Bigbell, um dos sócios da escola. “Saber tomar decisões de forma incrivelmente rápida também é uma característica que une ambas as profissões”, completa. A procura pelo curso já começou, inclusive.

Entre os interessados está um Brasileiro de Minas Gerais, que prefere manter o anonimato. O jogador, que é conhecido no circuito Brasileiro, acredita que poderá melhorar suas técnicas após o término do curso. “Um campeão surgiu daquela profissão. Preciso conhecer as formas de agir e a postura adequada para que eu possa me dar bem com isso, também”, diz. E ainda vai além: “Se der tudo certo, pretendo montar uma turma no Brasil para difundir ainda mais a técnica de estudo. Fique ligado que em breve teremos novidades nesse sentido”, garante.

Os interessados deverão esperar a próxima turma ser anunciada. Isso pode acontecer em breve, devido a alta procura pelo curso da escola pioneira. Em breve mais informações.

* Com informações do Canadian Poker

Enterro de porco mobiliza habitantes de uma nação

Posted on novembro 27th, 2012 by Rafael R

Dias atrás o enterro de um porco mobilizou os habitantes de uma nação – a República Popular do Corinthians. Com direito a oração e gritos de celebração, as pessoas mostraram euforia e vibração enquanto cantavam seus gritos de guerra. Vejam imagens do enterro em primeira mão.

Puta, que legal! Segunda divisão, Guarani da Capital!

Não está fácil pra ninguém!
Segunda que vem começaremos uma série de postagens mostrando os bastidores dessa… não, não começaremos. Eu só quis aproveitar a piada. E o mundo já pode acabar.

Jogador de poker exagera no Botox e acaba com rosto desfigurado

Posted on novembro 26th, 2012 by Rafael R

Numa tentativa de camuflar suas expressões faciais em jogos de poker, um jogador de Macau acabou exagerando nas doses de Botox e acabou com o rosto desfigurado.

Pokertox

Foi através de um anúncio na internet que Daodin Ero, nascido em Macau, achou a clínica de um médico especialista em Botox e que estava criando um novo tipo de tratamento específico para jogadores de poker. Ele pretendia esconder as suas reações, por vezes exageradas, na hora de fazer jogadas mais ousadas nos jogos a dinheiro mais caros do mundo na atualidade.

Já na clínica, o doutor e jogador de poker nas horas vagas – Doutor Jack Shepard, conhecido por sua atuação na TV – explicou qual seria o procedimento: “Vamos aplicar um pouco da toxicina principalmente na região da boca e das sobrancelhas, que são regiões do rosto que se alteram durante uma partida de poker!”. O procedimento deveria ser repetido a cada 4 meses, para ser eficaz. Porém Daodin preferiu realizar 6 aplicações num período de 3 semanas.

Como resultado, o rosto do jogador acabou se desfigurando. “Eu pretendo processá-lo, pois agora ao sentar nas mesas de poker eu percebo as expressões dos outros jogadores, mas não no que se refere ao jogo em si. E sim olhando com curiosidade para o meu rosto, totalmente espantados”, disse. “Já chegaram a interromper uma sessão de poker, me pedindo para sair da poker room”, completou.

O doutor se defende, dizendo que a velocidade das aplicações exigidas pelo jogador não foi uma boa decisão: “Um jogador de poker precisa saber a hora de dar um tempo, o que claramente não aconteceu com ele”. Ele aguarda o processo confiante.

* Com infos do PokerMacau.

Os frequentadores e funcionários de um restaurante em Mauá, Grande São Paulo, viveram momentos de pânico na noite de ontem. Em meio ao clima de terror promovido pelas ações criminosas na capital paulista, cerca de cinquenta policiais militares foram acionados para controlar um distúrbio ocorrido na Pazzo Pizzaria.

Pizza psicodélica

O incidente ocorreu numa noite em que o rodízio de pizzas da casa era oferecido pelo preço promocional de R$ 16,90. Segundo testemunhas, diversos clientes começaram a apresentar comportamentos estranhos, obcenos e violentos no decorrer do jantar. “Eu pensei que era, sei lá, uma manifestação do fim do mundo. Teve um menino que ficou pendurado no gerente depois que mordeu a gravata dele e não soltou mais… Uma senhora, de mais de sessenta anos, ficou nua e tentava fazer malabares com pratos. Um rapaz, que tentava jogar um garçom dentro do forno a lenha, gritava que o pinguim não queria entrar no iglu. Foi horrível!”, relatou um dos clientes.

Após a chegada da PM, a situação foi controlada e 33 pessoas foram detidas ou encaminhadas para hospitais da região. Segundo o delegado responsável pela investigação do incidente, Alberto Hofmann, há suspeitas de que um cogumelo alucinógeno teria sido utilizado no lugar de champignon como ingrediente da pizza oferecida pelo nome de “Psicodelícia”. “Vamos aguardar a perícia que ainda está sendo feita nos alimentos, mas o comportamento exaltado dos clientes já é uma evidência da ingestão de psicoativos”, afirmou Hofmann.

– – –

Com infos do Diário Pernambucano