Archive for julho, 2009

Recordar é viver: Prodigy – Smack My Bitch Up

Posted on julho 24th, 2009 by Rafael R

Não mais que de repente, essa música me veio na cabeça. E um monte de sensações vieram junto. Lembro a primeira vez que vi o clipe na MTV, num horário apropriado, provavelmente tinha pequenos pontos embaçados nas diversas partes que aparecem e que podem ser impróprias pra TV. Lembro de ter baixado, com sufoco, na casa de um amigo, e visto várias vezes seguidas, sempre acompanhado de vodka de qualidade duvidosa. Pra quem nunca viu, fica a dica: No final, o reflexo no espelho pode fazer você querer ver o clipe de novo, sob uma nova ótica.

The Prodigy – Smack my bitch up from Lili Marlene on Vimeo.

Uma coisa é certa: Não da pra ficar indiferente vendo esse clipe.

#lingerieday, por um twitter menos sério (e mais bonito)

Posted on julho 22nd, 2009 by Rafael R

Creio não precisar de muitas explicações, já que a imagem contém uma pequena legenda contando sobre a idéia e os pormenores. Evidente que não poderei contribuir no próximo dia 29 para tal ação, mas farei melhor: buscando incentivar e até fomentar a inspiração alheia para um evento “do mais alto garbo” (tm morroida), deixarei aqui algumas fotos que podem e devem ser usadas como exemplo. Se o que faltava era criatividade para uma pose sincera, então esse post definitivamente é para você.

Campanha sugerida pelo sempre maroto Gravz, com apoio do espuleta Izzy Nobre.

#lingerieday

#lingerieday

#lingerieday

#lingerieday

Participe!
E não deixe de divulgar o dia para as amigas, primas, irmãs, tias… Seus coleguinhas da internet irão agradecer eternamente.

Ps: Se o que falta é mais inspiração, favor dirija-se aos amigos Rejeitados, que possuem mais 47 fotos inspiradoras por lá.

Aquário Okinawa Churaumi, no Japão

Posted on julho 21st, 2009 by Rafael R

Vídeo feito com uma Canon 5D MKII, no aquário Okinawa Churaumi, no Japão, mostra o tanque principal de lá. Chamado de “Kuroshio Sea”, o tanque tem 7500 m³ e a vida dentro dele é impressionante.

Jon Rawlinson no Vimeo

Vale a pena ver em HD. A música chama “Please don’t go” do grupo Barcelona. Pode ser comprada na iTunes store (bit.ly/1zAVu).Aproveite e conheça mais sobre Barcelona: myspace.com/barcelona

Experiência no youtube: Os últimos uploads

Posted on julho 21st, 2009 by Rafael R

Você tem uma conexão banda larga a disposição, não aguenta mais ler os mesmos blogs e quer se divertir. Se essa é a sua história, esse post é para você. Tudo começou num dia de ócio, onde eu procurava vídeos novos para postar em algum dos 18 blogs que escrevo. No search do youtube, coloquei “psytrance” e como parâmetro coloquei apenas vídeos subidos naquele dia. O resultado, algo que eu não soube nem como entender, foi uma série de vídeos bizarros. E digo isso não apenas por pelo menos metade deles estarem com a tag psytrance mas tocando electro, coisa bastante comum no site de vídeos citado. A bizarrice simplesmente ia além trazendo como retorno verdadeiras pérolas da inclusão digital. Para você ter uma idéia do que eu to falando, farei a busca nesse instante e trarei para cá pelo menos 2 vídeos. Veja abaixo:

Guilherme Ferrari Psy Trance – O melhor dançarino de PSY do brasiil .. tente supera-lo, será ki vse consegui ?

(( Ellen )) Junto e misturado; Psy trance rebolation – Eu dançando Psy.. Gatinháà do psy

As descrições são praticamente uma atração a parte. O bom (bom?) é que isso acontece com diferentes pesquisas por lá. Que tal um teste? Você vai no youtube, busca por alguma palavra específica, joga o parâmetro de uploads apenas do dia e veja o resultado. Se você não se divertir com isso, desligue o computador e apague sua conta do twitter. E se achar algo que valha a pena dividir, volte aqui e faça isso nos comentários.

E por favor, se você não sabe a diferença entre electro e psy, ignore completamente a existência desse blog e da pessoa por trás dele. É um pedido sincero e real.

Comemore: Hoje é o dia mundial do Roque!

Posted on julho 13th, 2009 by Rafael R

Crianças, comemorem: Hoje é o dia mundial do Roque!

dia mundial do roque

Há 52 anos atrás, dois amigos de longa data curtiam um final da tarde como era feito, sempre as quinta-feiras. Com o o sol se pondo, uma garrafa de 5 litros de vinho espanhol e munidos de pequenos faroletes, eles se dirigiam para a praça da cidade onde travariam uma pequena disputa no xadrez. Com 7 derrotas seguidas, Billy passara a semana toda pensando em como poderia mudar o rumo da jogatina. E nessa quinta-feira, ele tinha um plano.

Propondo uma pequena mudança de regras, o jogo poderia se tornar um pouco mais interessante. A premissa para aquilo era bem simples: Se você não tivesse movimentado o rei em momento algum da partida, se sua torre também não tivesse sido movida e houvesse espaço livre entre eles, você poderia troca-los de lugar. A única condição pré-requisitada era que o rei não estivesse sofrendo um ataque, regra imposta apenas pela emoção e para dificultar um pouco a coisa toda.

Elvinho achou que a idéia tinha potencial. Faltando apenas um nome para essa nova jogada, hoje conhecida como roque, foi iniciada a partida. Como era de se esperar, Elvinho levou a melhor pela oitava semana seguida. Mas esse dia ficaria marcado por toda a eternidade, pois ali nascia o roque.

Todos os anos, milhares de pessoas saem as ruas nesse 13 de julho para celebrar uma das coisas mais rebeldes já feitas por qualquer jogador em todos os tempos na história do xadrez. Em qualquer lugar do mundo você ouvira e verá pessoas criando novas formas de roque. Mas tenha certeza: a história real do roque você só poderia ler em um blog.

E sigamos em frente!