Archive for Março, 2009

A paranóia e o medo da propaganda no twitter

Posted on Março 19th, 2009 by Rafael R

Minha opinião sobre tudo o que vem ocorrendo no twitter recentemente, já abordado anteriormente pelo Merigo, pode ser encontrado no filme abaixo.

No mais, leia o que diz um cara que provavelmente tem a mesma linha de pensamentos sobre o assunto que eu tenho hoje: “A INVEJA É UMA MERDA”: UM CLÁSSICO DA POBREZA. Gravz, meus agradecimentos por conseguir verbalizar a maioria das coisas que eu também acredito sobre o assunto nesse momento.

Façam o favor de tirar suas próprias conclusões também, antes de sairem apitando besteiras twitter afora.
Obrigado!

Caderno 3G dos sonhos

Posted on Março 18th, 2009 by Rafael R

Caderno 3GO desafio:

* Imaginar um caderno 3G, algo totalmente novo, inspirador, sem limites. Ilustrar com imagens genéricas e o que mais puder ajudar as pessoas a entenderem esse delírio;

O plano:

* Pequenas imagens ilustrando ajudam a ganhar a simpatia, por serem carismáticas (importante: criar imagens carismáticas o bastante para isso);

* Soltar a imaginação e não pensar em limites;

* Fazer o post usando o velho e manjado computador de casa, já que por ironia do destino eu sequer tenho acesso a um caderno 3G que preste;

O resultado:

* Conforme poderá ser acompanhado nesse post, tentei mostrar minhas idéias jamais expostas a outras pessoas sobre o tema. Se por um lado algumas de minhas idéias parecem tão impossíveis agora, lembrem-se que já houve uma época onde era impossível conseguir fogo para acender um cigarro, música para animar uma festa ou computadores, para expressarmos nossas opiniões.

O post a seguir contém fatos que podem / devem ser considerados impossíveis. Qualquer semelhança com a realidade pode ser apenas mera coincidência, pelo menos por enquanto.

Começando a história, preciso fazer uma confissão: Meus cadernos nunca foram dos mais conservados. Por motivos que iam contra a minha vontade, eles sempre acabavam parando no telhado da minha antiga escola, sendo condenado a passar a eternidade ao lado de outros cadernos de pessoas de pouca sorte que passaram pelas brincadeiras que passei. O arremesso de caderno se tornou bastante comum na época que eu estudei lá, isso deve explicar a euforia das pessoas ao verem mais um daqueles sendo condenado da mesma forma. 

Dito isso, preciso continuar, pois sempre tive um certo cuidado com meus cadernos. Com capas iradas, fotos de surf e das marcas de surf, pequenas declarações nas contra-capas devidamente premeditadas por quem as escrevia para que me fizessem lembrar da existência daquelas que ora tinham acesso ao meu material, alguns pequenos lembretes que anotava durante as aulas, para que as matérias estudadas não fossem para um beco escuro no fundo do meu cérebro. E desenhos. Eu sempre gostei de desenhar coisas, chegando ao cúmulo de em um determinado semestre passar por 11 14 19 salas do meu colégio com o intuito único de desenhar sobre as carteiras aleatoriamente escolhidas. Temporada inspirada. Portanto, para eu tentar imaginar um caderno 3G eu preciso antes de qualquer coisa pensar no carinho que sempre tive por eles, antigamente. E daqui por diante, a ficção tomará conta do local. Corrão!!1

continue lendo »

A cada morte de alguma celebridade, as pessoas partem numa busca desefreada e descarada por informações e imagens. A algum tempo, os grandes portais davam conta de informar quase em tempo real desse tipo de acontecimento. Equipes eram deslocadas para o local, fotos e vídeos eram feitos e enviados para a redação, que no menor espaço de tempo possível disponibilizava todo esse material numa página especial, que continha todo tipo de informação pela qual os curiosos procuravam. Hoje em dia, a briga por essa “entrega de conteúdo” ganhou adversários de peso: Os blogueiros. A diferença básica entre eles é obviamente grande: blogueiros não têm equipes na rua, não tem gente na redação, não produzem o conteúdo. Mas o interesse deles não é esse. O que vale é VENDER a informação, e nisso são especialistas.

Não se espante, contudo, se o seu blog favorito aparecer com algum post relacionado a Clodovil Hernandes e sua morte. São nesses momentos que pessoas oportunistas se aproveiam de toda sua experiência em SEO e situações que as pessoas vão procurar informações no google.

Para maiores detalhes sobre a morte de Clodovil Hernandes, acesse os grandes portais. E agora, pense direito: você acha mesmo que eu colocaria aqui fotos do Clodovil Hernandes, deputado e grande figura brasileira, no momento de sua morte?

sim ou não

Obrigado!

( * ) Esse post é parte integrante do Manual de Grandes Idéias para Posts, que será lançado em breve por Rafa Barbosa. Qualquer falta de sensibilidade e/ou crítica deve ser dirigida a ele.

Grandes tweets da história brasileira e do resto do mundo

Posted on Março 16th, 2009 by Rafael R

Se até semana passada você sequer imaginava o que era twitter, hoje você já sabe. Depois que o twitter foi parar na capa da revista Época, você já deve ter corrido para o twitter.com para saber que diabos é isso. Existe até um certo receio entre alguns usuários mais antigos da casa de que com a chegada de uma nova manada de brasileiros no site o serviço possa ter seu nível caindo a níveis jamais antes pensados, o que considero algo totalmente sem fundamento, já que a interação depende de ato e reação. O fato é que vai crescer o número de twiteiros e celebridades fakes rolando por lá, coisa que desde já eu não recomendo. Para efeitos gerais, e que sirva de aviso, o único que teve êxito até hoje com a brincadeira foi o Vitor Fasano (sim, sem o C no victor) e que infelizmente sofreu uma queda brutal na qualidade de atualizações. Não terá próximo bom fake, acredite.

Porém, quero chegar a um lugar comum: imagina se a galera que descobriu o twitter recentemente e outros famosos antes já tivessem suas contas lá? Imagina se as grandes frases brasileiras fossem proferidas via twitter? Eis que me propus a elaborar uma pequena lista de tweets que entraram para uma pequena lista de grandes tweets brasileiros. Seguem alguns dos indicados:

Comecemos com alguém que fez seu tweet no ano de 1989, qual seria o tweet clássico de Fernando Collor?

Twitter do Fernando Collor de Mello
Se eu não for um bom presidente,  não votem em… ops, candidato errado!

Que tal uma personalidade musical de grande influência para muitos jovens? Estamos falando do rei do reggae, Bob Marley?

Twitter do Bob Marley
Quem está na chuva é para se queimar!

Vamos agora voltar um pouco no tempo e falar de futebol. O que do Corinthians sem ele e o que seria do twitter sem as grandes pérolas do grande Vicente Matheus?

Twitter do Vicente Matheus
Quem está na chuva é para se queimar!

Que tal a gente continuar essa série de Tweets da história brasileira e do resto do mundo dando continuidade na lista? Quem sugere novos ícones, novas frases, novas histórias? Qual frase você gostaria de tornar imortal nessa série? Qual ídolo não pode faltar na lista?

Já deixo ciente que tenho alguns tweets clássicos preparados, entre eles:
* Carla Peres! (Aeee)
* Chacrinha! (Aeeee)
* Silvio Santos! (Aeeeee)
Quem mais você quer ver aqui? Grita ai!

As gostosas das raves – 2º Semana Oficial da Psicodelia

Posted on Março 13th, 2009 by Rafael R

Gostosas das raves

Ajudando a construir uma nova tradição, essa semana fiz diversas postagens usando como mote a Psicodelia. Comemoramos juntos o Dia internacional do DJ, brincamos de associar Goa Gil e Hoffman ao lado tenso e até conferimos as últimas bugigangas psicodélicas. Porém, nada disso seria válido se no último dia útil da semana tivessemos por aqui imagens daquilo que particularmente mais me motiva a ir as raves: as gostosas do trance. Como qualquer palavra que eu colocar por aqui tentando explicar outros lados da história não será o suficiente para ganhar a atenção, só me resta destacar a antecipada e belíssima participação dos coleguinhas Rejeitados nessa que será conhecida como a segunda de muitas outras semanas oficiais da psicodelia. 

Tamu junto!

Gostosas das raves

Gostosas das raves

Gostosas das raves

Veja o restante da galeria diretamente na fonte.
Crédito das fotos:  João Carlos

Partiu!