Archive for junho, 2008

No post anterior, eu dei a dica: ontem rolou o Firefox Download Day, estratégia dos espertinhos da Mozilla pra divulgar seu novo navegador atrelado a tentativa de cravar um lugar ao sol no Livro dos Recordes. Era óbvio que nos primeiros minutos os servidores entrariam em colapso, em se tratando de um evento mundial. Então, ao melhor estilo cocadaboa de ser, eu tentei recolher patos. Tive ajuda, inclusive, e agradeço-a publicamente. Só parei a ação quando percebi um detalhe sutil, levantado pelo Kmax: Seria extremamente difícil enganar os nerds atentos ao detalhe de que, certamente, os servidores não aguentariam o tranco. De forma geral, serviu pra mostrar o potencial de que qualquer coisa que você diga na internet pode ecoar mundo afora. Irei explicar um pouco mais detalhadamente agora. E certamente, criarei novos boatos em breve. Tudo em nome da diversão, claro.

Tudo começou assim:

Nota: DDOS, para quem não sabe, é um ataque que causa colapso nos servidores pelo envio repetitivo de pacotes contra os mesmos. Obviamente que o uso de um termo nerd levaria mais pessoas a acreditarem, e os que não conheciam o termo a se assustarem.

Meus poucos seguidores, na maioria nerds e pessoas antenadas, obviamente não se deixariam levar por tamanha patifaria. Eu precisava potencializar o recado, para mais gente quanto fosse possível. Foi ai que entraram em jogo alguns “ventiladores”. Seguem exemplos:

http://twitter.com/naoadianta/statuses/837024979
http://twitter.com/lorota/statuses/837050771
http://twitter.com/EgoNoticias/statuses/837034709

Para minha surpresa, a coisa foi caminhando sozinha a partir dai. Seguem alguns links da repercussão via twitter.

http://twitter.com/mbarros/statuses/837046758
http://twitter.com/lenonm/statuses/837042954
http://twitter.com/herkeios/statuses/837037426
http://twitter.com/andersonlopes/statuses/837095228
http://twitter.com/SickGirl13/statuses/837049233

Só um exemplo. Nem deu pra acompanhar todas as respostas para meu tweet. E que sirva de exemplo pras pessoas, que não devem acreditar em qualquer coisa que vêem na internet. Esse teste me ensinou a mecânica da coisa, a boataria virtual pode continuar existindo, por mais que as pessoas estejam mais espertas para isso. Próximas oportunidades virão, tenho certeza.

Em breve, novo boato. Prometo! ;)

Firefox Download Day – Aproveitando o melhor da internet!

Posted on junho 17th, 2008 by Rafael R

Download Day - Portuguese

Hoje é dia de me explicar publicamente, de ajudar em uma ação de algo que eu acredito e de ajudar quem me lê aqui a ter um melhor aproveitamento da internet. Tudo de uma vez só! E olha que eu não faria propaganda gratuita de muitas coisas na minha vida. Uma, sem dúvidas, é a Absolut Vodka. A outra é o Firefox, por opção pessoal e conhecimento de causa. E eu nem vou ganhar nada, você é quem vai!

A primeira coisa que devo falar é sobre esse blog: se você o visualiza pelo internet explorer, sabe que o layout fica estragado. A coluna de posts fica embaixo, o restante do blog em cima. É confuso, é bugado. E sabe porque eu não arrumei? Porque não gosto de internet explorer. É fato. E não pretendo corrigir nada relacionado a ele, prefiro muito mais fazer com que quem visita aqui tenha um navegador de melhor qualidade, sem bugs, mais seguro, mais rápido e com mais opções de customização.

Sendo direto, eu lhe pergunto: você testaria o Firefox por um dia? Se fizer isso e não gostar, pode vir aqui e me ofender moralmente. Pode vir aqui e xingar a minha mãe me xingar. (porque mãe é sacanagem!)

Além disso, hoje é um dia especial: é o Download Day, que quer incluir o nome no Livro dos Recordes, como o dia em que mais pessoas abaixaram um software no mundo. Parece pouco, mas levar para mais pessoas um navegador melhor além de louvável e totalmente coerente. Então, hoje é definitivamente o dia para você participar e dizer a todos que faz parte do Livro dos Recordes. E é como eles dizem, você “nem precisa engulir uma espada ou equilibrar 30 colheres no rosto ao mesmo tempo – apesar de que isso seria incrível”.

Topa o desafio?

Update: O link direto para o download do Firefox 3 é esse aqui:
http://download.mozilla.org/?product=firefox-3.0&os=win〈=pt-BR

Chegou a hora de batermos o recorde. Por uma internet menos ordinária, baixe o novo Firefox 3. :D

Você sabe o que é o twitter? Você sabe para que serve o twitter? Não?
Então, definitivamente, esse post não é pra você.

O fenômeno de microblog é recente, mas a galera já ta começando a assimilar melhor isso. Uma prova é ver que emoções podem sim ser passadas em 140 caracteres. Obviamente, de uma forma basta simples e peculiar, mas já ficou comprovado que é possível. Só que nesse meio, temos bastante discussão ainda. É a mesma discussão usada no termo blog, que antigamente levava a pensar que era coisa de menina, um diarinho da internet, e hoje sabemos e temos diversos exemplos de que blogs são muito mais do que isso.

Agora, quer mesmo saber o que você NÃO deve fazer no twitter? Posso dar dois exemplos.

Claro 3G

1. O que é?
A conta no twitter da operadora Claro, criada recentemente.

2. Para que serve?
Duvidosa a existência do mesmo. Certamente, serve para mostrar o deslumbramento de uma empresa afirmando em 3 dos 4 únicos posts que será a operadora que venderá o iPhone no Brasil. Obviamente, já saiu na mídia essa semana que a Vivo também oferecerá o aparelho, colocando abaixo o argumento da concorrente.

3. Porque falhou?
Dispensaria até comentários, mas uma ação no twitter que não existe interação é fadada ao fracasso completo. Provavelmente, algum estagiário deve ter mostrado isso a um de seus superiores que, pensando no hype, criou a conta. E ficou por isso mesmo.

4. Como corrigir?
Mande-me um e-mail, se você é da Claro, que eu posso lhe fornecer uma consultoria. :P

Casas Bahia

1. O que é?
Parte de uma promoção da Casas Bahia, no dia dos namorados, que incentivava quem enviasse mensagens para eles para que fossem destaque na home page oficial.

2. Pra que serve?
Desconheço a utilidade.

3. Porque falhou?
Atrelar o dia dos namorados que, na teoria, incluem uma grande parte de namorados obviamente (e não casados) a venda de móveis e outros itens não cai bem. Fora isso, o retorno pra quem participasse era pífio, pra não dizer ridículo, dando um espaço muito pequeno para sua declaração de amor. Cade os brindes? Cade o destaque? Nenhum prêmio pra quem quiser brincar e divulgar?
Tem jeito, inclusive, de uma venda casada de alguma agência de publicidade, que ofereceu o twitter como “forma inovadora de comunicação global” mas que, infelizmente, não foi explorado de forma correta.

4. Como corrigir?
Como, especificamente nesse caso, a conta do twitter estava atrelada ao dia dos namorados, é possível que não tenha como recuperar. Mas para futuras ações, existe sim a possibilidade de dar certo. Mande-me um e-mail (se você for das Casas Bahia) que eu lhe forneço a consultoria. :P

O que fica claro aqui é que faltou bastante habilidade na condução das campanhas. Usar o que é hype apenas porque é hype é uma atitude burra. Isso insulta as pessoas que usam as mídias, mostrando sua inacapacidade de lidar com elas. E, de forma contrária a motivação original, provoca um marketing negativo para sua marca empresa. Se quer mesmo começar a fazer isso, faça direito.


A legítima Traíra – Foto: Alexbolt

Em São Paulo, é sabido por todos a diversidade cultural e gastronômica a disposição das pessoas. Com apenas alguns minutos rodando, você pode passar do famoso bairro oriental da liberdade e cair no italiano bairro da mooca. E em ambos regiões você encontrará diversas opções, tanto de cultura quanto de gastronomia. Para os fissurados por peixe, por exemplo, pode-se encontrar inclusive o Rancho da Traíra, peixe que ilustra esse artigo. Além de diversos outros exemplos. Eu particularmente gosto de comer porção de isca no buteco O Pescador, que fica próximo do shopping Center Norte e da minha casa. Comodidade, alguns diriam.

A dica aqui fica só pra não deixar o post por isso mesmo: Quem tem possibilidade de se deslocar até a zona norte, descubra onde fica o Dono da Noite. A feijoada servida lá é de primeira qualidade, a bohemia é extremamente gelada e você é atendido pelo DONO do lugar, que larga o conforto de seu lar para vir servir as pessoas com um sorriso sincero. Para quem achava que isso já não existia mais em São Paulo, redescubra. A verdade é que, escolha você o Rancho da Traíra, o Dono da Noite ou qualquer outro lugar para comer e se divertir, o importante é sair de lá satisfeito. E se algo aconteceu e você por acaso não gostou, não hesite em comentar. A publicidade chamada “boca-a-boca” em tempos de internet tem um sabor muito melhor. ;)

A verdade é uma só: publicamente, você tem todo o direito a liberdade de expressão. Se você está fazendo um comentário, mesmo que seja interpretado como ofensivo por alguns, é algo que lhe está garantido por lei. Você não é obrigado a gostar de tudo, assim como ninguém é obrigado a agradar a todos. O segredo do sucesso é estar em cima do muro, se é você que está querendo agradar, ou seguir apenas o que lhe agrada, se você é o que quer ser agradado. Dar a cara a tapa ninguém quer, triste verdade. E tudo, eu disse TUDO, pode ser resolvido com uma conversa sincera. Esqueça isso de intimidação, ameaças vazias ou qualquer outra atitude. A conversa sempre vai resolver qualquer situação.

Update: Entenda melhor o que eu quero dizer lendo o seguinte relato:
Rancho da Traíra – preço salgado e comida sem sal

Após isso, confira algumas opiniões também:
Restaurante granfino com gelo e limão
As acessorias prepotentes e a blogsfera
Anotações pessoais sobre atendimento e fidelização de clientes

Enfim, hoje é terça-feira. A ressaca do final de semana finalmente passou e a cabeça vai voltando ao normal aos poucos. De qualquer forma, ainda to sem palavras pra definir quão legal foi o #EBP2008, realizado no último sábado, na ESPM. E mesmo rolando um convite para nos retirarmos do bar (cujo nome, obviamente, cairá no esquecimento de todos) enquanto rolava o #nob, nada atrapalhou os acontecimentos.

O sentimento geral é de que o encontro foi um grande sucesso. Houveram algumas falhas, que foram supridas totalmente com o networking, então sequer merecem ser mencionadas. Até porque, “não adianta apresentar os cases errados, os erros ensinam e o conhecimento adquirido com eles é o diferencial“. E poder conviver algumas horas com aqueles que a gente ta sempre vendo/lendo pela internet é realmente uma grande alegria.


Yassuda, Rafael R e Merigo. Primeiro jogo “oficial” visto pela equipe do VST! E com vitória ainda! ;)
Crédito: Yassuda (mas a Baunilha que tirou)

Particularmente, além das palestras, o meu interesse maior era efetivamente o networking. E mesmo tendo ficado deslocado em alguns momentos (veja minha cara na foto acima, ela mostra isso!) o que tirei de lá foi legal. Igual eu disse, não é todo dia que você pode encontrar aquele pessoal que sempre fala/lê pela internet, então é preciso aproveitar. Assim foi com o Rafael Ziggy (que, se der certo, receberá uma visita em breve), com o Rafael Barros (que me acompanhará nas próximas raves) e os outros 207 Rafael’s que estavam no evento. Também conversei com pessoas que tinham outros nomes, inclusive pessoas pouco conhecidas pelo nome também. :P (Ou vai dizer que Mr Manson e Baunilha são nomes próprios?)

Nota: Mauo, do suspensa.info, me acompanhou na empreitada do início ao fim. Afinal de contas, ter um blog coletivo tem dessas né.


Crédito: Vilander – Pra entender a foto, só vendo o vídeo aqui.

Fica a dica então, pra posteridade: Quando verem o Guilherme, o Bruno ou o Gabriel organizando algo, corram pra se inscrever. A diversão é gratuita, e a cervejada foi de graça. O encontro foi decente, o conteúdo foi relevante e as pessoas estavam lá por motivos parecidos.

E confesso, teve muito mais gente que eu conversei por lá, mas são 05:39hs da manhã de terça-feira, estou numa pós-ressaca e não lembro bem das coisas. Nos próximos eventos, vocês que lerem isso e forem entenderão o espírito da coisa. Isso é o mais importante e o que deve ser interpretado com esse post.