Archive for dezembro, 2007

Flagras: Hypes funcionam (incluindo o “sem calcinha”)

Posted on dezembro 26th, 2007 by Rafael R

Fim de ano, começo de um projeto, e enfim as coisas vão começando a acontecer. As considerações a seguir, elaboradas em tempo real enquanto estou aqui no admin do wordpress, vão dizer o que aconteceu e o que pretendo para a continuação do projeto justplay.info enquanto um blog:

* Por méritos, quando você varre a web e acha algo que tem possibilidade de virar um grande hype, você utiliza primeiro. Os que vêem depois, podem utilizar essa hipótese ou podem ter visto antes em algum outro lugar. O(s) Primeiro(s) tem direitos, os demais podem se conformar e linkar. Aliás, linkar é algo justo e fácil de fazer, e eu já comecei a ver algum retorno enquanto isso. E artigos com “Sem calcinha”, “Flagra”, “Traindo a esposa/marido” ajudam a pagar as contas;

* Meu primeiro hype foi o da Flávia Alessandra sem calcinha, rendeu 3000 visitas no post nos 2 dias que eu tive um grande retorno. O último, foi do Jeremias Muito Louco processando mais de 1000, e vêm rendendo mais de 5000 visitas apenas nele, além de links no Jornal Extra, Malvados e outros blogs, fóruns, orkut e afins. Entendi definitivamente a importância de um hype (falando em adsense e retorno social) e vou aproveita-los melhor em 2008. Concordo que sejam números ainda pouco expressivos, mas falando em um blog com 2 meses de uso constante, até que tem valido a pena. Dobremos esses números, drobemos;

* Nada me impedirá, de forma alguma, de participar da Corrida da Cerveja (que eu tinha visto no Bender Blog) do ano que vem. Impossível imaginar diversão de fim de ano melhor que carregar um engradado de cerveja por algum tempo, tendo que eliminar o conteúdo das garrafas enquanto o faz, no melhor estilo “esportes que eu pratico com louvor“. Estarei lá, certamente, e talvez convide o Cardoso para formar uma equipe de visitantes (eu lembro de ter visto ele dizendo algo sobre, mas não consegui achar);

* Blogueiras lindas demais (*com todo respeito) estão por ai, e eu estou solteiro. É sinal que algumas coisas podem surgir para aproximar os iguais, e eu espero encontrar mais lindas blogueiras solteiras por ai. É justo, sei que não é pedir demais e sei que é possível. Essa será uma meta a ser seguida, sem dúvidas;

* Como prova de meu comprometimento e paixão, comprar o kit do Corinthians, e tentar de alguma forma ajudar e/ou sugerir algo aos amigos do Vamos Subir Timão!, já que é um projeto que eu me identifico. Não adianta falar, já ouvi todas as piadas possíveis e eu posso dizer com orgulho: Eu nunca vou te abandonar, porque eu te amo!;

* Tentar de alguma forma ajudar novos talentos. No caso dos Rejeitados, por exemplo, que participaram de um concurso cultural que tinha como prêmio agregar novos rostos e pensamentos ao blog Suspensa.info e que, infelizmente, não passaram e não venceram, mas que com uma garra boa de ver, juntaram-se e montaram um blog novo e inédito, para juntos brilharem durante o ano. É claro que com uma história assim, o resultado que veremos pode e deve ser algo para ser acompanhado;

* Tentar conhecer outros blogueiros. Um post do Mr. Manson mostrou algo que eu gostaria de dizer, e que ele ouviu de uma forma diferente. Apesar de não ser um leitor de livros compulsivo, eu gosto de leituras interessantes. E os blogs (muitos deles) tem esse objetivo em vista. Sentar com pessoas assim na mesa de um buteco qualquer e tomar meia dúzia de cervejas deve servir para um monte de idéias virem a tona. É algo a se pensar e desenvolver;

* Participar de uma brincadeira no Orkut. Apesar de, tempos atrás, ter ajudado meu brother Vinicius K-Max numa grande brincadeira assim, até então eu não tinha o que “mostrar”. Agora, com um blog andando, seria um ótimo viral;

* Por questões essenciais, aprender a gostar mais de facebook, twiter e afins. Embora eu use o orkut de uma forma lúdica e divertida, embora eu tenha um fotolog e não me misture com a raça miguxa que a tanto o habita, é preciso partir para o novo. O Myspace já me divertiu por um tempo, mas novas integrações se fazem necessárias. Então é melhor que eu, como blogueiro, aprenda a participar mais desse tipo de novidade, que é tão estranha pra mim ainda nos dias de hoje, por questões ideológicas de julga-las como “imprestáveis”;

De resto, acho que continuando o que comecei como blogueiro, estou indo no sentido certo. Talvez falte algo a acrescentar na lista, o farei se for preciso. Mas é isso basicamente que preciso informar e lembrar para que o ano de 2008 tenha metas, sentido e projetos. Nos vemos em breve, quando o próximo hype acontecer e for reportado aqui. ;)
Feliz 2008 para vocês todos.

*** Como parte da brincadeira, como não consegui encaixar em uma “categoria”, os blogs a seguir levarão o link para que eu pense em alguma forma de entrosamento: novo-MUNDO, Treta, LadyBugBrasil, Dinheirama, Google Discovery, InovaVOX, Lista 10, Sim, viral e os demais não citados, mas lembrados de alguma forma. A todos esses e os demais blogueiros, um bom ano novo. 2008 promete ser um ano cheio de conquistas para a blogsfera, e espero poder participar de muitas com vocês.

Jeremias abre processo contra divulgação de sua imagem!

Posted on dezembro 20th, 2007 by Rafael R

Por essa, nem a Rosana Hermann esperava.

Jeremias José do Nascimento, conhecido como Jeremias muito louco, teve seus 15 minutos (só?) de fama tempos atrás, quando por meio de uma reportagem do programa Sem Meias Palavras, pela pessoa de Givanildo Silveira, deixou-se levar pela alta quantidade de álcool em seu sangue (ou seria o contrario?) e promoveu uma daquelas cenas em que, se não fosse no Brasil, certamente você, ao ver, desconfiaria ser uma pegadinha.


O Caixa Preta não foi incluido no processo.

Frases do elemento foram divulgadas aos quatro ventos, com todo tipo de piada que se possa imaginar. Uma grande parte delas você pode encontrar no verbete Jeremias, na Descilopédia. Certamente, você já as ouviu antes em algum lugar. Até ai, nada de novo.


O vídeo, famoso no youtube.

No dia 17 de agosto de 2007, juntamente com a advogada Teresinha Mendes Santana Tabósa e a advogada Edicreize Da Cruz Santos, entrou com um processo contra as seguintes pessoas / empresas: TV JORNAL CARUARU, SISTEMA BRASILEIRO DE TELEVISÃO-SBT, RÁDIOJORNAL CARUARU, DV PRODUTORA, ANTÔNIO GONÇALVES DE SOUZA SOBRINHO, EDEÍLSON LINS, CAMISETERIA COMÉRCIO DE ROUPAS LTDA, GOOGLE BRASIL INTERNET LTDA, UNIVERSO ONLINE S/A, GLOBO.COM, INTERNET GROUP DO BRASIL LTDA- IG, TERRA NETWORKS BRASIL S/A.

O conteúdo do processo pode ser visto no site do Poder Judiciário do Pernambuco, e ainda está rolando. Basicamente, as advogadas convenceram Jeremias que após todo o Buzz da entrevista e a exposição de sua figura publicamente num momento delicado de sua vida lhe trouxeram prejuizos, inclusive materiais, aos quais Jeremias poderia prontamente recorrer, apenas processando alguns daqueles que se encarregaram de transmitir e retransmitir o conteúdo dos vídeos produzidos pela equipe do Sem Meias Palavras. Fica claro, que apesar dos pesares, é um direito dele, que pode simplesmente alegar que não autorizou a veiculação do devido vídeo mundo afora. Não sei bem como funciona a lei de autorização de imagem e/ou as leis vinculadas que podem enquadrar os réus. Também não imagino no que vai dar isso, mas podem começar as especulações desde já. Os mais antenados, se quiserem, podem opinar a respeito. Queria também saber como foi encarada a notícia na Camisetaria, do amigo Fabio Seixas, que também é um dos réus do processo.
E que sirva de aviso: os direitos de imagem estão assegurados por lei, ninguém pode publicar nada sobre sua imagem e/ou autoria sem dizer que o fez, simplesmente porque achou a piada legal. A não ser que você esteja hospedado na Eslovênia, como é o caso do Cocadaboa. E o meu também. =p

Paris Hilton: Foto sensual para lançamento de champanhe!

Posted on dezembro 18th, 2007 by Rafael R

A bela Paris Hilton resolveu lançar uma marca de champanhe própria, a Rich Prosecco. Com isso, ela não poupou sensualidade e conseguiu como resultados belas fotos sensuais. Será que precisa de muito mais que isso para atrair (mais) atenção?

As primeiras imagens foram divulgadas pelo tablóide britânico “The Sun”, e podem ser vistas aqui. São diversas fotos, e a moça está mais bela do que nunca. Apenas uma foto nua incluida e divulgada, mas com Paris Hilton envolta em maquiagem dourada. São fotos bem produzidas e merecem parabéns, tanto a moça quanto a equipe de produção.

Com uma bela festa de lançamento em Berlim, Paris Hilton fez o que sabe de melhor: curtiu a balada. Foi vista dançando muito, perto de amigos e parceiros de negócios. Dizem que a festa foi um sucesso.

Até o momento, só podemos encontrar a bebida, que querendo ou não, nos gera curiosidade, em locais da Europa. Em breve, deve ser lançado também nos Estados Unidos e assim começar a migração natural para outros lugares. Certamente, se ela tivesse ao meu lado, eu degustaria tal bebida.


Fotos: The Sun / Reprodução

“Copiou”, passou… Boa, Tabet!

Posted on dezembro 18th, 2007 by Rafael R

Dos que tem voz na blogsfera, li relatos parecidos. Ao pensar igual a eles, posso então automaticamente me “enquadrar” na categoria “Usura Não!”, por entender, entre outras coisas, que o dono da obra (imagem, vídeo, áudio ou algo que o valha) merece irrestrita e automaticamente a citação, quando exposta a obra de sua autoria. É simples.
Você fez? Aqui vai seu nome.
A briga com o kibe (sem duplo sentido) é longa, rasteira e, até onde eu percebo, será eterna. Ele tem aparentemente uma política editorial que restringe a possibilidade de posicionar um link* abaixo de uma criação externa. Mesmo que seja evidente, mesmo que seja indispensável.

Nota: Obviamente, isso não vale para posts patrocinados, que até onde vejo, não contam com a devida explicação, vide campanha do Dinheirama.

Quando criei, meses atrás, o verbete Antônio Tabet na desciclopedia, eu sabia que estava apenas fazendo uma piada. Haja visto que todos os verbetes são deturpados e irônicos. Mas com essa atitude, eu começava, da minha forma, a engrossar a lista das pessoas que estão descontentes (eternamente) com a atitude de Tabet de continuar dessa forma. Mr. Manson, Ivo Neuman, muitos outros fornecem argumentos públicos sobre o apresentado aqui. Hoje ele já esta alterado da forma original, foi acrescentando vários caracteres, assim como o banner da Usura Não!.

Picuinhas fora, o que me deixa infeliz, e com razão, é ver a comemoração indecente do Tabet ao ser citado na revista Veja. Tendo em vista a audiência dele, em números, é fácil perceber que ele está mais próximo de algo assim do que o próprio autor da piada. Aliás, essa foi uma piada pronta, praticamente. A coincidência de datas e eventos contribuiu para isso. Mas sempre fico me perguntando: até quando (e onde) isso vai? Conseguiria a blogsfera, num movimento sério e coordenado, desmascarar o amigo Tabet, ou ao menos fazê-lo entregar as fontes sensacionais que lhe trazem retorno no seu próspero negócio? Conseguiríamos uma citação na revista Veja, falando que ao mesmo tempo que produzimos Tabet`s que fornecem gargalhadas, produzimos justiça e validade de direito autoral?

Reflita e me diga você, o que é o que pode ser feito, efetivamente.
Desejo sucesso ao Tabet e aos citados aqui, blogs tendem a crescer e todos os grandes devem apenas melhorar. O que quero é justamente isso, uma melhora no nível dos blogs, sem apropriações indevidas, sem falta de respeito, com citação de autores de obras e tudo o que for de bom tom para a continuação da brincadeira.

Tyler Durden estaria correto?

Posted on dezembro 12th, 2007 by Rafael R

Hoje, folheando rapidamente a Folha de SP (Folhear na internet? Vale?) quando eu vi a luz:

A indústria de cartão de crédito deve movimentar, em 2008, R$ 216 bilhões. O número é 19% acima dos valores deste ano, que vão alcançar R$ 181,8 bilhões. A previsão foi divulgada nesta quarta-feira pelo Itaucard.

De bate-pronto, lembrei dos últimos momentos de Tyler Durden (Brad Pitt) no filme Clube da Luta. Como parte de seu plano magnífico de destruição e caos, ele pretendia implodir diversos prédios que alocavam empresas de cartão de crédito. Dizia que, se as dívidas adiquiridas deixassem simplesmente de existir, o mundo viraria o próprio caos. Isso entre outras coisas que ele queria provar, que já não me lembro mais agora. Preciso rever o filme para ter certeza. Será que, afinal de contas, ele estaria certo? O que é esse número imenso de reais que circularão pela economia nos próximos dias?

E afinal, porque parte desse dinheiro não está no meu bolso, onde eu faria um uso adequado e bastante criativo dele?

A bem da verdade é que eu ando sem “motivação” para postar normalmente e debater os assuntos da blogsfera, mas voltarei a ativa em breve.